quinta-feira, 13 de outubro de 2011



”Mas de verdade eu só queria que alguém falasse para mim: ei, você é bonita, para de se expor tanto, pode ficar quietinha, pode fechar o decote, pode parar com esse riso nervoso, tô reparando em você, você é bonita. Traumas de adolescência são uma merda.”


 (Tati Bernardi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário