quinta-feira, 13 de outubro de 2011




Impressionante como a gente sofre por nada. Um cheiro que mexe com você, um jeito de olhar contido, uma idéia inteligente, várias na verdade. Não, não é nada disso, a gente sofre é pela impossibilidade.

Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário