domingo, 25 de dezembro de 2011




"Oh Deus, como é triste lembrar do bonito que algo ou alguém foram quando esse bonito começa a se deteriorar irremediavelmente."


(Caio Fernando Abreu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário